Uma carta para Ana Laura

Querida Ana,

Eu sempre te esperei, não sabia seu nome, nem sabia de quem você seria filha, mas esperei muito para ser sua madrinha. Hoje pensando, sua mãe e eu, em nossas práticas culinárias, tardes de café, confidências e ideais trocados, sempre agimos como verdadeiras comadres, e você veio para selar essa relação.

Ontem a tarde, enquanto eu fotografava os detalhes de seus primeiros dias e aproveitava para te conhecer direitinho, sua mãe me falou para não ficar te acostumando mal com presentes. Eu sempre vou respeitar sua mãe. Mas nunca vou deixar de mimar você. Na casa da madrinha sempre vai ter bolo quentinho e biscoito para assarmos todos juntos, você vai conviver com Bernardo e Natália e tenho certeza que vamos nos divertir muito por aqui. Sua mãe e seu pai não precisam se preocupar, seu padrinho e eu sempre vamos demonstrar nosso amor para você em forma de carinho e presença.

Que a sua saúde seja plena. Que você cante tão bem quanto sua mãe. Que você puxe toda a alegria de seu pai. Que você possa um dia compreender o tamanho da sorte que tem por ter nascido no lar onde nasceu. Que nós sempre possamos ser bons exemplos para você. E que o tempo, as mudanças e os caminhos da vida nunca permitam que a gente se distancie.

E Ana, um sorriso como esse abre todas as portas desse mundo. Deus te abençoe!

Um grande beijo de sua madrinha Diana.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 ideias sobre “Uma carta para Ana Laura

  1. Emocionante. Sei como você se sente, pois sou muito feliz e grata de ter uma afilhada tão linda e amada.
    Ana Laura é linda, e eu desejo todas as coisas boas do mundo para essa menina.

    Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>