Substâncias básicas que integram a composição de uma criança

Quando nascem, as crianças são compostas basicamente por fofurite, não tem como não identificar essa substância já no primeiro contato.

Nas primeiras horas de vida percebemos a presença marcante de fedentina e também de chorônio, este último é extremamente intenso e causa falta de tempo para dormir nos pais e deve persistir por vários meses.

Substâncias que compõem uma criança

Conforme a criança vai crescendo vamos percebendo a presença cada vez mais forte de algumas substâncias. O imitássio aparece frenquentemente e neste momento é importante atenção dos pais, pois essa substância é altamente aderente e muitas características podem ser facilmente absorvidas.

Birrantina e reinalina também estão bastante presentes e quando misturadas com irritato de teimosília, acabam afetando a paciência dos pais. Aconselha-se o uso de uma solução de toleranticilina associada a Educanol Firmezina.

Com o passar do tempo a casa é tomada pelo risônio, o qual muitas vezes é gerado pela exalação do gás do riso, que comumente está combinado com a fedentina. Mas de qualquer forma o chorônio volta a ficar presente no ar constantemente e com o passar do tempo só o que muda é a indução que o desencadeia, mas o resultado é o mesmo.

O espertássio é uma substância latente desde o nascimento, mas costuma se revelar e se fazer mais visível quando a criança começa a falar. Algumas ações movidas pelo espertássio podem encher os pais de orgulho, enquanto outras podem gerar momentos de vergonha, constrangimento e até nervosismo.

A conclusão é que em um contexto geral a mistura de todas as substâncias liberam altas doses de amorato infinitídico nos pais, o que provoca intenso brilho nos olhos, babas constantes e largos sorrisos.

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>