Cestinhas para a páscoa.

Me diga, o que faz uma mãe de família, que trabalha fora, dona de casa, calça para cerzir no joelho, pão para sovar e roupa para lavar nas pedras do rio, inventar de construir uma cestinha de jornal para páscoa? O 1,99 a cem metros de casa… Filosoficamente me questionei, depois de três tentativas, sobre o assunto.

Talvez seja porque as balinhas que vem de troco no 1,99 causam micro cortes na língua. Quem sabe porque quando passa um vulto na janela acredito sinceramente que é o coelhinho me observando. Outra alternativa é o fato de que fico com as unhas encardidas do jornal, que me remetem a uma fase da infância que eu queria mais é cavocar no barro e ser feliz. Pode ser porque nunca dancei pau de fita no colégio e me sinta eternamente frustrada. Vai saber…

E depois de tentar salvar a natureza reciclando 50 folhas de jornal e tentar boicotar o mercado de produtores de cestinhas de vime, passei no 1,99.

E se por acaso Jesus se disfarçou de canudinhos de jornal para testar a minha paciência: Reprovei!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>