Mãe, vamos fazer um trato!

Assim começam 90% das conversas do Bernardo (os outros 10% começam com “mãe, ô mãe, mãe). E esses tratos sempre levam alguma vantagem para ele mesmo, claro.

O Bernardo não se joga no chão, não sai gritando no supermercado, ele sempre tenta negociar. E normalmente é muito compreensivo nas nossas explicações. Exceto se a negociação fica muito feia para o lado dele, tipo sair passear com as tias e ser orientado a não pedir NADA para elas.

E assim de trato em trato ele vai conquistando o que quer. Porque na maioria das vezes os seus argumentos e bom humor acabam derrubando nossas resistências.

Móbiles de feltro – Inspiração.

Eu amo feltro. É barato, é fácil de encontrar e da para fazer maravilhas com ele. Já fiz vários detalhes para o natal que deixaram a minha casa muito mais linda, mimosa e a minha cara.

Hoje trouxe inspiração para as futuras mamães que gostam de costurar e se aventurar em artes para o futuro bebê. Preparar a decoração do quarto sozinha tem todo um gosto especial, né?

Todos os móbiles são de fácil reprodução. Basta desenhar os próprios moldes baseada nas imagens e se encantar com os resultados.

Via pinterest.com

Prato para bolo – DIY

Em cada aniversário do Bernardo me deparo com problema para a mesa perfeita – louças bonitas e cheias de bossa. Eu não ganhei de herança nenhum prato, e gosto daqueles que fogem do convencional, que tem personalidade e que se diferenciam. E mesmo fora do aniversário, servir uma mesa com louças charmosas faz muita diferença.

Esse ano encontrei a solução. Preparar as próprias louças diferenciadas. É só juntar duas peças bonitas, como um prato de sopa e um prato comum, ou um bowl e um prato, ou castiçais, ou o que a imaginação conseguir produzir. E pronto, louças lindas surgirão para destacar as produções culinárias, e tudo isso com um toque vintage.

Para fazer seu cakestand você precisará de: um prato, um suporte e cola epóxi.

1 – Separe os materiais e limpe as superfícies para melhor aderência da cola.

2 – Prepare a quantia suficiente de cola.

3 – Passe a cola em toda a superfície que será colada.

4 – Cole os pratos, tome um cuidado especial para que o suporte fique bem centralizado.

5 – Enquanto a cola seca (cerca de duas horas) utilize um peso sobre as peças. Eu usei uma caixa de MDF, mas pode ser livros também.

6 – Prontinho, o sua mais nova louça de herança da vovó estará linda!

Com direito a meu ajudante de palco, que não só participa como fica dando palpites em minhas fotos e montagens. :)

E tudo isso gastando: R$ 5,00 (prato grande) R$ 2,00 (prato de sopa) e R$ 12,00 (cola, que será utilizada em mais alguns projetos).

Para reproduzir em família.

Adorei essa ideia! Já pensou que legal juntar aquela foto de família do natal de 1900 e quase morreu todo mundo, com primos, tios e avós. Pensando bem… melhor não… hehe

Por favor, se for reproduzir aquela sua foto sorrindo pelado, que todo mundo sempre tem uma tia para insistir em fazer, não divulgue.

Via fumaga.com

Diva da dança!

Minha mãe, uma senhora cheia de vontade de se exercitar, além do suporte de toalha molhada simulador de caminhada e da maxi suporte de pó mini cama elástica, também investiu em um xbox com kinect, porque né, comprar itens de exercício fazem sua consciência ficar mais leve, e todo mundo sabe que o que importa mesmo é a consciência, pois como ela poderia pôr a cabeça no travesseiro e dormir uma noite inteira depois do rodízio de pizza se não estivesse com a consciência leve??

Mas em um momento de vó do ano, ela resolveu “emprestar” o vídeo game para o Bernardo. Como estava estragado e desiludido pela falta de uso, nós cuidamos dele. Mandamos arrumar, tiramos as camadas mais remotas de pó, e para matar minha saudade do nintendo eu assoprei os cd’s.

Funcionou. E eu me entreguei a dança como se não houvesse testemunhas amanhã! De pijama, moletom velho e descabelada eu dancei ao som de Lady Gaga. Quase morri de orgulho da minha pessoa, por ter feito 13 minutos de exercício em pleno domingo a tarde. Por isso ganhei de presente uma panelada de brigadeiro de colher. E dormi com a consciência leve. o.0

Auto flagelo com chibatadas? Vocês estão fazendo isso errado!

Alguns aprendem a falar palavrão em casa, outros com amigos, outros com a televisão, eu aprendi a falar com o Satinelle. Foi com ele que aprendi que um bom $#**@#& pode sim aliviar a raiva dor.

Ao ouvir aquela vibração macabra meu coração bate mais rápido, não ele quase pára, acho que na verdade ele fica oscilando em uma arritmia confusa. Pensa em um gato com o rabo mega arrepiado, se eu tivesse um rabo ele ficaria exatamente assim.

Mas eu continuo me depilando, em uma vã esperança de que os pelos fiquem ralos, ralos e sumam de vez. O que vou dizer sinceramente, não está dando muito certo.

E também porque um dia depilei uma perna, entre o riso e a dor e fui dormir para depilar a outra em uma outra vida hora (sim, me chamem de fraca). Mas um evento chegou e eu com uma perna lisa e linda, cheia daquela dignidade que só o sofrimento traz, enquanto a outra se confundia com a perna do Tony Ramos. Não tive dúvidas, passei o giletão. E a diferença com o crescimento dos pelos depois foi gritante.

Bem que podia ser como cabelos, né? Pelos sedosos e volumosos.

Poxa vida, meus pelos nunca crescem.

Nossa, olha que lindo os pelos dessa atriz.

Não acredito, você pintou seus pelos de vermelho??

Será que seria pedir muito?

Inspiração para quarto de menino.

Olha a personalidade desse quarto! Lindo, original e delicado. Adoro essa decoração que reflete a personalidade da família, que foge do que se encontra em revistas de decoração.

A composição do branco com detalhes em turquesa ficou muito harmônico. E esse berço que parece herança de algumas gerações? Serviu para dar ainda mais charme ao projeto!

E o tema bicicleta deu um tom nostálgico vintage. Perfeito!

Via ontobay.com

Meu ano novo particular!

Fazendo um balanço geral do ano que passou vejo que tenho muito a agradecer. Um ano de muitas conquistas e muito aprendizado.

Chorei um pouco, sorri muito e vejo tudo isso estampado em algumas linhas de expressão que antes não existiam, mas que não temo, muito pelo contrário, as vejo no espelho como uma marca das emoções que eu viviiii. #serbregaécool.

Sou uma pessoa que adora o dia do aniversário. Adoro a atenção e os presentes (pessoas presente e presentes presentes hehe). Adoro o recomeço. Adoro comemorar o meu ano novo particular!

E com os dois pés piso nessa nova idade com muita esperança e desejos bons (desejados por mim e por quem gosta de mim) e nesse ponto agradeço do fundo do coração quem entra nessa categoria.

E para terminar o dia com chave de ouro, antes de dormir, o Bernardo como quem não quer nada pergunta:

-Mãe. como aqueles bichinhos que viram neném entram na barriga da mamãe? (Nossa senhora, eu nunca falei de espermatozóides para ele, me diga de onde vem todas essas informações???)

-Bem meu filho, é o Papai que coloca lá dentro, como uma sementinha. (Pelamor, pelamor, pelamor…)

-E por onde ele coloca?

-Ahnnn, humm, pela vagina. (frio na barriga)

-Eu pensei que fosse pela boca ou pelo umbigo.

-Sabia filho, que é pelo umbigo que os bebês ganham comida quando estão na barriga? (E o assunto mudou de rumo…)

Achei melhor dar um tempo para eu ele assimilar bem as respostas. E para me preparar para as próximas, se é que para isso exista preparação. Isso não está muito precoce???

Super hidratação capilar.

Eu sempre fui uma pessoa que fez barba, bigode e cabelo em casa. E sempre pensei que fosse por pura economia. Mas hoje percebo que não, na verdade eu gosto mesmo de fazer essas coisas sozinha. Gosto de testar produtos e avaliar resultados.

E essa super hidratação, chamada por aí até de cauterização caseira, foi a minha ultra experiência do final de semana.

Eu usei:

-Bepantol (meu querido) líquido;

-Queratina líquida;

-Defrizzante (o que tiver em casa);

Misturei uma porção de todos os ingredientes, o suficiente para passar em todo o cabelo.

Lavei o cabelo com um shampoo anti resíduos. Separei mecha por mecha, apliquei o produto no cabelo úmido, e passei a chapinha (a minha pode ser usada em cabelo úmido).

Toda essa função sela as cutículas do fio, devolvendo a queratina perdida com a ação da química, secador e chapinha.

O cabelo fica muito brilhante e sem frizz por alguns dias. A recomendação é fazer esse tratamento uma vez por mês.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...